sábado, setembro 14, 2013

Não era amor

"Não era amor, era o seu sorriso implorando pra virar poesia.
Era o desejo sem cura de ser só sua. Era a música que foi trilha dos momentos mais lindos que passei com você.
Não era amor, era uma saudade que nunca dormia, um beijo que demorava, um abraço com cheiro de paz.
Eram as mãos dadas, os olhares que diziam tudo, e a sua língua passeando em mim.
Não era amor, era um sentimento que ninguém podia mudar, nem substituir, nem significar.
Era adormecer ao seu lado, cabeça no seu peito, amanhecer nós dois.
Era a linha tênue entre o meu quadril e as suas vontades, entre a sua barba e as minhas coxas, entre a minha boca e o seu corpo inteiro.
Era dormir pensando, e acordar querendo ainda mais. Planejar momentos, passar o dia com você no pensamento.
Não era amor, era paz e desassossego.
Era te sentir perto, mesmo quando longe. Era o seu cheiro em mim.
Era a beleza de uma história sem rótulos e sem promessas, movida por um querer que jurei que não teria fim.
Era você renovando a minha fé no amor, mesmo depois de terem me dado tantos motivos pra desacreditar.
Não era amor.
Ainda é. (mas acabou)"
Karla Tabalipa

Um comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...