terça-feira, julho 12, 2011

Prosa



Apenas ouço o relógio, está ficando tarde e o sono chega. Meus pensamentos vão ficando vagos, distantes, quando penso em você. Passo a me perguntar como foi que cheguei até aqui?
 Eu, que era tão cheia de vida, fui perdendo a rima. As cores que eram nítidas, se embaçaram, como quando meus olhos se encheram de lágrimas na nossa despedida.
A vida foi ficando assim, sem graça. Foi aí que perdi a poesia. Foi aí que me acostumei a ficar sozinha. Não choro mais por não ter notícias tuas e não  importar também dói.


@Ladymsr

Um comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...