segunda-feira, maio 02, 2011

Muros




E pensar que é tudo em vão. Todas as fantasias e planos para um futuro juntos. Tudo o que construímos tão detalhadamente, vira lembrança.  Todos os presentes em forma de carinho, e surpresas com laços coloridos. E sentimentos que a gente alimenta, que a gente cuida e trata dia-a-dia, de repente é transformado em solidão.
Na solidão a gente se fecha, e vai ficando cada vez mais difícil acreditar nas pessoas. O brilho no olhar parece falso, os sorrisos de puro interesse.
A desilusão constrói muros difíceis de serem demolidos.


Um comentário:

  1. Mas além existe um horizonte para se reconstruir.

    Há um mundo lá fora que ninguém vive pela gente, é difícil, mas jamais impossível.

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...