sexta-feira, janeiro 28, 2011

Linhas Paralelas





'As pessoas chegavam e partiam entre viagens inconciliáveis, linhas paralelas, o infinito não existia...'   
Caio Fernando Abreu
E depois de tanto tempo me sentindo sozinha... eu disse Adeus! E quantas noites dormi ao lado do celular, esperando um sms, ou melhor ainda, uma ligação (que nunca veio), esperava um e-mail, uma carta, qualquer coisa que me livrasse do pesadelo de perdê-lo. Um ano e meio procurando por vestígios de amor. 
Disse Adeus, e como foi difícil. Meu aceno, sorriso amarelo e o desejo de que tudo fique bem, com ele e comigo, separados. Ah!  Se pudesse voltar atrás. Nunca fui de pontos finais. Queria mesmo é que ele recusasse o adeus, me chamasse de louca e apenas um beijo, faria tudo ficar melhor. 
Mas não foi assim...o Adeus foi aceito em silêncio, sem perdões nem beijos, como dois desconhecidos. Cada qual com teu destino,  seguindo teu caminho... linhas paralelas.


@Ladymsr



Um comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...