quarta-feira, dezembro 29, 2010

Sensibilidade





Sensibilidade,
algo que não enxergamos,
e nem sempre possuímos.
A sensibilidade está no olhar que pacifíca,
no toque das mãos que acalma,
no abraço que acolhe,
no gesto solidário.
A sensibilidade está no amor,
no bem que se faz ao próximo sem se importar com retornos.
É um dos dons mais puros e raros.
Ela está na verdade dita, mas que nunca fere.
Está na delicadeza, no sentir o que o outro sente.
Está na canção de ninar, 
no ato de amar,
no cuidado da mãe com o filho,
na cúmplicidade dos amantes.
A sensibilidade de valorizar as pequenas coisas do cotidiano,
de assistir ao pôr-do-sol.
Às vezes está presente na palavra,
quase sempre está no silêncio que respeita.
Sensibilidade que aflora e resplandece.
Que esteja presente no presente...
Desejo sensibilidade à todos,
hoje e sempre!



Um comentário:

  1. É preciso para não deixar de perceber quando vida toca a pele.

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...