quarta-feira, novembro 10, 2010

Talvez




Talvez eu mande notícias, 
mesmo sem teres perguntado por mim. 
Talvez eu diga o quanto dói a saudade de ti...
Talvez eu tome coragem e te ligue,
 conte como foi meu dia. 
E confesse que sempre foste minha maior alegria.
Queria me aproximar.
Estar presente no teu pensamento.
Mas prefiro o silêncio, do que a dor.
A distancia do que a indiferença;
Me deixe sonhar apenas por um momento.
Vou fechar os olhos e mergulhar na ilusão do que poderia ser,
se estivesses comigo.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...