sexta-feira, maio 07, 2010

No balanço de amar





Eu e você,
velejando...
No balanço de amar,
nos amando, à beira-mar.
Desvendando terras desconhecidas,
ilhas perdidas.
Traçamos nosso caminho,
já sabemos nosso destino.
Criamos nosso dialeto de olhares.
E não há do que fugir,
você está em mim
onde quer que eu vá.
Encontramos nosso lugar...
E nessa hora o mundo gira,
o mundo pára,
o mundo somos nós, está em nós.
Em cada carícia,
cada arrepio,
e no desejo,
está a certeza 
de que somos alimentados
pelo querer.
Querer cada vez mais,
sempre mais!


Um comentário:

  1. Oi LL? Gostei do seu blog, li todos os seus poemas, poesias, sei lá...só sei que traduzem sentimentos vividos.
    Muito bons e que sorte tem a pessoa a quem vc dedicou esses poemas.

    Bjus.

    Marcelo

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...